sábado, agosto 02, 2008

Sofia


Faz amanhã 19 anos que os meus pais celebraram 32 anos de casados. Foi uma época linda das nossas vidas, eu estava grávida de 9 meses e a minha irmã Ana grávida de 5 e a minha mãe resolveu fazer um grande churrasco nessa noite, para celebrar e também para aproveitar o facto de estarmos todos juntos em Portugal para o casamento do nosso irmão Paulo com a Sandra, no dia 4.



Nessa quente noite de 3 de Agosto, lembro-me de estar, rodeada de irmãs e cunhadas, com uma barriga enorme, sentada no chão do "hall" da casa dos meus pais, com uma chávena de café posta em cima da barriga, para eles todos poderem ver como a minha pequenina se mexia tanto dentro de mim. Fartámo-nos de rir à conta do café que saltava dentro da chávena.



De barriga bem cheia, salvo seja, dormi muito bem a noite, mas eram umas 5 da manhã a Sofia já não me deixou dormir mais. Queria por força ir ao casamento do tio, mas eu é que acabei por não ir.

...................................

Acabaste por vir ao mundo eram quase 8 horas da manhã. Simpática, porque me deixaste tomar o meu pequeno almoço. nasceste depressa, porque vinhas toda sebosa, de modo que escorregaste para o mundo, a bem dizer.

Fazes agora 19 anos. Como fiz com o teu irmão quando ele fez 21, há dois meses, não quero deixar de escrever-te algumas palavras.

Como não tenho mais nenhuma filha, posso dizer que és a minha favorita, a minha pequenina, a minha bochechuda.

Tens uma personalidade forte, como boa leoa que se preze.

Espero que um dia, se tiveres uma filha como tu és, sintas por ela o mesmo amor e o mesmo orgulho que eu sinto por ti. Adoro-te, Sofia, és a minha menina, a minha fofura, o meu mel, uma alegria que trago dentro do peito e que não consigo dizer de outra forma.

Espero que sejas sempre assim, igual a ti própria, com os teus defeitos e qualidades, mas sempre a minha querida filha.

Parabéns, Sophia!!!!

1 comentário:

Sophia disse...

=)
Mto obrigada senhora minha mãe...
Fico feliz por ser algo de que te possas orgulhar mas mais feliz ainda por te orgulhares que eu seja eu mesma.. O facto de poder ser eu e deixar os outros felizes é bom.
Mas claro que o facto de ter uma boa personalidade também se deve a 1 boa educação, assim sendo sou eu que te agradeço por tudo!
Beijoca*